Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2010

Malas prontas

Por Rosiane Braga
Fotos: Ilustrativas/ Catarina Krug/ Beatnick

Dezembro é o melhor mês para arrumar as malas, mas não pense que vem descanso por ai, porque não irei viajar. A mala que me refiro vai além de um acessório enfeitado e comprado de forma minuciosa, onde levamos nela, aquilo que mais gostamos para se exibir. A profissão de carregador de malas deveria ser a mais remunerada que existe, pois o carregador tem a responsabilidade de carregar com segurança os melhores e mais valiosos objetos de uma pessoa, já pensou nisso? Olhe para os indivíduos dentro de um terminal rodoviário ou em um aeroporto. Consegue imaginar o que carregam ali? As melhores roupas, um gato espremido, economias de dez anos, perfume derramado, fotos velhas, limões para não enjoar, outros já preferem o dramin, muda murcha de rosa e muito mais. Cada um constrói a sua história com os objetos que os representam, não é mesmo!
Mas vamos logo ao que interessa porque não era isso que eu queria escrever aqui. O problema …

Indecisão

Por Rosiane Braga
Fotos: Magda Rosa/ Iris/ Carla Teixeira

O dicionário define: estado emocional em que a pessoa é submetida por não fazer logo uma escolha. São raras as vezes que a vida te dá apenas um caminho. Já pensou nisso? Questiono sempre como seria sem graça a vida se tivéssemos somente a estrada de flores para percorrer. E como seriam as paisagens e as pedras? Querendo ou não o número dois domina. E o pior de tudo é quando a gente cresce e percebe que já somos responsáveis pelos nossos atos e que na hora que você engasgar, sua mãe não vai estar lá para pegar o microfone e pedir a sua mão para cantar junto com você.
Saudades da infância, não sei! Mas uma responsabilidade que pesa a cada dia e não te larga mais. Sempre refiro aos seres que somos submetidos a conviver no cotidiano como PESSOAS e pessoas. Já escrevi aqui e não tem como não repetir que o homem em si é uma caixinha de surpresas. E tentar uma boa convivência com PESSOAS é o calo do sapato. Para um bom entendedor, me…

Junto e Misturado

Por Rosiane Braga
Fotos: Divulgação/ Tadeu Vilani

Pés apressados e pisoteados faziam o mesmo movimento. O diferencial era o tamanho do passo, mas todos com olhares voltados para o espaço até o degrau e tomados pelo medo de cair. Entraram vinte, trinta e não deu para contar mais. Para quem acha que quem fica apertado é apenas sardinha em lata, engana-se. Essa é apenas a descrição de pessoas que entravam em um dos ônibus que saía de um Terminal de Transporte coletivo. Situação que pode ser vista e vivida todos os dias por milhares de brasileiros que necessitam utilizar o “serviço”.
A crise no transporte coletivo no Brasil está generalizada. Crise momentânea? Não, ela sempre existiu. Por mais que o índice de veículos particulares em nosso país cresce a cada dia, a falta de investimento no transporte público prejudica a população e conseqüentemente diminui a produtividade dela. A maioria dos trabalhadores perde cerca de seis horas por dia na espera de transporte. Na placa estava escrito “…

Só para Mulheres, ou não? ganha o 1º selinho!

Ganhei este selinho da querida Cristiane, do blog "Meu olhar Caleidoscópio" que aderiu à Campanha Sobre a Blogueira Educada.



Muito Obrigada Cris, o primeiro selinho a gente nunca esquece. A favor da GRANDE harmonia na Blogosfera! Afinal, no mundo das letras nós somos os melhores! Compartilhamos experiências, emoções e idéias.

"O intuito deste selo fixo de campanha "Blogueira Educada" é promover a harmonia na blogosfera. No nosso dia-a-dia é natural seguirmos alguns padrões de boa conduta pelo bem de uma convivência calorosa e sadia. No mundo virtual isso também pode ser feito. Vamos espalhar pelos quatro cantos que a educação deve existir também no mundo dos teclados e que o respeito às idéias de cada blog deve estar acima de tudo."

Flávia Shiroma - Blog Compartilhando Ideias com uma mulher de 30 e poucos.

Beijos Coloridos!

Crônica de um baladeiro

Por Rosiane Braga
Fotos: Vânia Viana/ Mico/ Paulo Cesar

Piscou, balançou a cabeça, bocejou e fechou os olhos! Impossível, descrever neste espaço, caras e bocas vistas e analisadas até o terceiro dia do início de uma nova semana. Ignorância minha seria iniciar o texto com as numerações da quantidade de pessoas em que não foi vista sequer uma expressão onde é possível exercitar a musculatura da face e mostrar os dentes. Mas imaginei uma seqüência numérica desenhada semelhante aquelas nos cadernos das crianças que estão em período de alfabetização.
A imagem de números emaranhados e desfalcados já tomava todo o espaço da página, quando um lapso de memória me fez pensar que maior seria a dificuldade de compreender, porque as crianças em processo de alfabetização costumam contar até o numeral 5, pulam para o 7 e retornam para o 1. Sendo assim, quantas mesmo seriam as pessoas? Difícil não! Isso agora não vem ao caso, mas o que eu quero dizer é que tive uma “leve” impressão de que as pessoas nã…

A Mulher e a Câmara Federal I

Por Rosiane Braga
Fotos: Divulgação

"Os partidos preencheram as vagas apenas para cumprir a exigência. Ainda faltou o apoio político para o crescimento da presença feminina tanto na Câmara como no Senado". (Fernanda Feitosa, Coordenadora do Centro Feminista de Estudo e Assessoria)
A Organização das Nações Unidas (ONU) apontou que o Brasil poderá apresentar uma queda maior no próximo levantamento realizado pela Organização que mede a presença da mulher no parlamento em diversos países. Na eleição de 2006, o Brasil encontrava-se na posição de número 104, mas desceu para a posição 106.
Os partidos de esquerda PCO 33,3%, PCdoB 26,2%, PMN 25%, PSTU 23,5% e PTB 23,4% foram os partidos com mais candidaturas femininas apresentadas proporcionalmente tanto para os cargos majoritários quanto para os proporcionais.

A mini-reforma eleitoral (lei 12034/2009) alavancou o número de candidatas. Pelo texto aprovado, 10% do tempo na propaganda eleitoral deve ser reservado a elas, além de 30% da…

A Mulher e a Câmara Federal II

Por Rosiane Braga
Foto: Divulgação

Na Câmara dos Deputados, a bancada feminina encolheu este ano. Foram 43 mulheres eleitas agora, a Casa tem 513 parlamentares.

Câmara dos Deputados AtualAcre - Perpétua Almeida (PCdoB)
Alagoas - ********************
Amapá - Professora Dalva (PT)/ Fátima Pelaes (PMDB)/ Janete Capiberibe (PSB)/ Lucenira Pimentel (PR)
Amazonas - Rebecca Garcia (PP)/ Vanessa Grazziotion (PCdoB)
Bahia - Alice Portugal (PCdoB)/ Lídice da Mata (PSB)/ Tonha Magalhães (PR)/ Jusmari Oliveira (PR)Renunciou
Ceará - Gorete Pereira (PR)
Distrito Federal - ********************
Espírito Santo - Sueli Vidigal (PDT)/ Rose de Freitas (PMDB)/ Iriny Lopes (PT)
Goiás - Dona Iris (PMDB)/ Raquel Teixeira (PSDB)
Maranhão - Nice Lobão (DEM)
Minas Gerais - Jô Moraes (PCdoB)/ Maria Lúcia Cardoso (PMDB)/ Maria do Carmo Lara (PT) renunciou
Pará - Elcione Barbalho (PMDB)/ Bel Mesquita (PMDB)
Paraíba - ********************
Paraná - ********************
Pernambuco- Ana Arraes (PSB)
Piauí - ********************
Rio…

A Mulher e a Política

Por Rosiane Braga
Fotos: Arquivo Pessoal/ Roberto Stuckert Filho

As mulheres se sentem assustadas com a agressividade da política parlamentar, que é fortemente marcada pelo estilo masculino (Senadora reeleita, Lúcia Vânia (PSDB-Go)


Após a conquista do direito de votar, as mulheres buscaram espaço e representatividade. O mérito foi resultado da luta, desde 1922, da líder feminista e política paulista Berta Lutz, filha do cientista Adolfo Lutz. No entanto, o voto só era obrigatório para a classe de mulheres que se enquadravam nas condições citadas no post anterior. A abrangência da obrigatoriedade entre toda a classe feminina, mesmo depois de algumas restrições serem eliminadas em 1934, só veio com a Constituição de 1946.



Antes disso, em 1927, o estado do Rio Grande do Norte se tornou o primeiro estado do país, a permitir que as mulheres votassem nas eleições. O mesmo estado ficou consagrado por permitir que uma mulher ocupasse um cargo eletivo. Em 1928, Alzira Soriano, eleita prefeita…

A Mulher e o Voto

Por Rosiane Braga
Fotos: João Monteiro/ Gabriel/ Tiago/

As mulheres terão, em igualdade com os homens, o direito de voto em todas as eleições, sem nenhuma restrição.” (Convenção sobre Direitos Políticos da Mulher- artigo 1 )
Em 1983, a Nova Zelândia, foi o primeiro país a permitir o voto feminino. Apesar de “igualdade” estar entre os lemas da Revolução Francesa, no considerado maior país da União Européia, apenas em 1945, após o fim da Segunda Guerra Mundial, a mulher conseguiu votar.
No Brasil, há cerca de 80 anos a mulher brasileira ganhou o direito de votar nas eleições nacionais. Mesmo assim, o código decretado de caráter provisório só permitia que viúvas e solteiras com renda própria, além de mulheres casadas que obtinham a permissão do marido poderiam exercê-lo. As restrições ao exercício do voto, só foram eliminadas em 1934.
Depois das mulheres conquistarem o direito do voto na mesma condição do voto masculino, pode-se afirmar que o país entrara-se em uma modernidade políti…

Saudações ao Sapateiro

Por Rosiane Braga
Fotos: André Max/ Ricardo Vivona/ Manuel Sousa/ Mário Rothes/

Costumam dizer que mal agradecidos são aqueles que não fazem referências a quem nos cria e da à vida. Sempre fui grata a pessoa que me deu forma, mesmo porque não sou do tipo que nasci e fico livre para meu lar. Preciso sempre visitar o local de origem! A minha tarefa e de toda a minha classe é complicada, porque nem sempre temos uma “carga” maneira para suportar. O nosso tempo de vida é de acordo com o modo em que somos tratados, portanto vivemos de sorte e boa vontade.
Shoe Pink, não teve sorte em sua existência, jogaram-na um peso de 90kg que não conseguia se equilibrar. Em menos de dois meses sua estrutura estava toda estragada, shoe pink abandonada seu fim tem que esperar. Já shoe grey era encantador, envernizado e bem cuidado. Seu bico fino chamava atenção, até que um dia foi passear em um lar estranho, cobrindo alguém com odor e frieiras, acabou-se toda a vaidade. Comentam que as mulheres nos va…

Alegria ou a falta dela?

Por Rosiane Braga Fotos: Hugo Tinoco/ Joana Silva/ Jet/


Todas as vezes que me questionam como caracterizo o estilo do ser humano, sempre respondo que sou a favor do livre arbítrio e que todos nós vivemos como queremos. Como bem define nossos ilustres compositores Almir Sater e Renato Teixeira, “Cada um de nós compõe a sua história, cada ser em si, carrega o dom de ser capaz, e ser feliz”. No convívio com as pessoas pode-se afirmar que muitas delas aparentam expressões e modos que não as definem. Surge então o questionamento, existe alegria exacerbada ou a falta dela?




Sei que tentar entender a subjetividade humana é a tarefa mais complicada e enigmática que eu possa questionar, mas já parou para pensar até que ponto as atitudes humanas podem chegar? Nunca julgue uma pessoa pela aparência! Essa é a famosa frase que ouvimos desde quando a retiram dos saquinhos de bons modos para formação de caráter. Não é viagem em palavras, mas para facilitar a compreensão é como se fosse às palavrinh…

Minha criança interior

Por: Rosiane Braga Fotos: Vicente Parisi/ Geisa/ Vanessa Soares

Os seres vivos nascem, crescem, reproduzem e morrem! Percurso natural da vida onde todos nós passamos e levamos um pouco de cada momento vivido na bagagem. O Eu e suas etapas! Hoje se comemora o dia das crianças. Dia propício para vê-las nas ruas em aglomeração com caixas de presentes, pirulito e algodão doce. O Sr. palhaço não fica em casa nesse dia, vira e mexe a gente encontra um por ai.
O dia das crianças deve ser lembrado como um dia além da noção de espaço descrito. Descrever fatos não é suficiente para revigorar a criança que existe dentro de nós. Recorrer à memória e remontar as histórias, os brinquedos ganhos e as brincadeiras são apenas recordações. Não se deve esquecê-las, mas o mais importante e fazer com que a sua criança interior reviva sempre dentro de você.
Ser criança é ter a grandeza da simplicidade, seu olhar é o espelho da verdade e suas esperanças se renovam a cada dia quando ganham um doce e agradec…

Boneca Cobiçada

Por Rosiane Braga
Fotos: Divulgação

Na primeira semana após o 1º turno das eleições ouvem-se muitas especulações e cheiro de novas alianças partidárias no ar. Discutir esses procedimentos que envolvem essa “ciência do governo dos Estados” daria um grande espaço amostral das teorias matemáticas de probabilidade. Alguém arriscaria fazer?
Como bem dizia o saudoso Aristóteles “O homem é um animal político”. Quem duvida? Não se fala em outra coisa a não ser em quem a candidata do Partido Verde, terceira colocada nas eleições presidenciais, senhora ambiental e a possível responsável pelo 2º turno, vai apoiar. Talvez essa seja a notícia mais esperada da semana no Jornal das 20h da Rede Globo de Televisão.
São tantas denominações que fazem referência a ex-candidata que não prefiro ocupar todo o espaço da postagem citando-as, mas admito que Marina Silva está mais para a “galinha dos ovos de ouro” ou a “boneca cobiçada” dessas eleições. Que a candidata Dilma Roussef (PT) ou José Serra (PSDB)…

Felicidade!

Por Rosiane Braga
Foto: Filipe Pombo/ Telma Filipa/ Felipe Evaristo

Dizem que somos autores da nossa própria história. Se vivermos momentos de felicidade a tendência é que a distribuição de bem-estar acarrete supostamente alucinações do bom e do belo. As nossas preocupações atormentam o inconsciente e nos causa incômodo e agonia. Pode-se dizer que somos indomáveis de influências? Como questionar solidão e saudade? Reféns de uma busca incontrolável por felicidade nos disponibilizam situações inesperadas e mal pensadas, que nos proporcionam dor. Somos frutos de uma geração capitalista e tecnológica que domina e rouba sonhos. O medo nos sufoca!
Sempre digo que infeliz é aquele que não se alimenta de sonhos. Agir com presteza, respeito e espírito solidário só contribui para enriquecer a missão que temos aqui. A vida nos testa com oportunidades e seremos felizes se soubermos visualizá-las e fazê-las instrumento para a construção da nossa felicidade, afinal nada acontece por acaso. Somos m…

Romance Moderno

Por Rosiane Braga

Foto: José de Almeida & Maria Flores/ André Max

Seria Sarcasmo iniciar este post, ao qual eu intitulo de “Romance Moderno” recitando “O amor é fogo que arde sem se ver” do soneto de Luís de Camões. É que quando se escreve de amor, tarefa que considero muito subjetiva e que divergem opiniões, a mente fantasia para fatos platônicos e com aroma de flores. Prefiro citar trechos da composição de Newton Gomes, ao relacionar a palavra que se presta a múltiplos significados na língua portuguesa. “E nem tudo são flores nem tudo é amor, ás vezes a dor cala o meu prazer”, diz o compositor. Intrepretações variadas ao trecho, mas que desmistifica a idéia de que com amor a paz sempre reinará.
Revistas conceituadas demonstram que a cerimônia denominada casamento, ainda esta entre as realizações mais desejadas dos brasileiros. Além do que, é mais um álbum fotográfico para a coleção. No Romance Moderno, “o contrato social” é o principal documento da união. Muitas vezes já o dese…

Um grito para os brasileiros!

Por Rosiane Braga
Fotos: Raphael Ribeiro/ JNunes(Ziggy)

Está bem próximo de lembrarmos-nos de uma data considerada histórica para o Brasil, o processo que culminou com a sua emancipação política do reino de Portugal. Dia 7 de Setembro, mais conhecido como o dia da Independência ou Morte! Depois de passado todo o processo histórico, que todos nós bem conhecemos dos velhos tempos das aulas de História, como podemos avaliar a situação do nosso país? Muitas pessoas afirmam que alguns fatos históricos apenas contribuíram para a maquiagem de um país onde a democracia funciona.
Vários fatores que favoreceram para o desenvolvimento do Brasil podem ser descritos aqui. Não tenho dúvidas de que a emancipação política de Portugal foi favorável para alguma coisa, mas creio que isso também só foi apenas mais uma contribuição para a contextualização histórica. Mesmo que não tenhamos interferências de Portugal, o Brasil é prejudicado por outros países considerados de primeiro mundo e algo precisa se…