Eternamente criança

Por Rosiane Braga
Foto: DDiArte

Ilari, lari ê Ô, ô, ô Ilari, lari ê Ô, ô, ô deixe fluir a criança que existe dentro de você! Senti o cheirinho do que eu tinha escondido na lancheira e lembrei que na gaveta guardava o meu elefante rosa preferido. Gostoso também é lembrar do último pedaço do cobertor minúsculo que arrastava pela casa. O bico não deixou herança, o que restava dele o ratinho do telhado levou.

Silêncio! Tá na hora do Pica-Pau e a seqüência repetia: Tom e Jerry, O Mundo Fantástico de Boby, Tartarugas Ninjas.... Pausa só na hora da tarefa de casa! Expectativas vinham quando a tia pregava na agenda o convite de aniversário do coleguinha. Mãe prepare a lembrança porque amanhã é dia de festa na escola.

Máscara de carnaval, ovo de páscoa, cartinha para mamãe e papai tudo isso e muito mais. Algodão doce prega nos dentes! Hum, alfabetização! Já sei todas as famílias e escrevo o meu nome... E o tempo passa, mas o bom mesmo é ser a noivinha da quadrilha com o menino mais lindo da sala, guardar fotos é melhor ainda, isso é o seu momento!

Jogar bete na rua, brincar de pique esconde e o nome da barbie ninguém esquece. A frase: “Vai tomar banho” também não sai do repertório. Ai, Ai, Ai que saudade da minha infância! Tudo isso está vivo dentro de nós e porque não reviver? Gostem de crianças, elas nos fazem sentir bem. Brinque, sorria, corra na chuva. Nunca abandone a criança que existe dentro de você, o que muda apenas é o preço dos brinquedos.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As quatro versões de Jennifer Lawrence na ‘Vogue US’

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Lançamento da Coach assinado por Selena Gomez

A versão futurista de Cara Delevingne

Burberry lança campanha de Natal