A espera!

Por Rosiane Braga
Foto: Filipa

Na vida temos que esperar... esperar... e esperar! Quem não esperou nove meses para vir ao mundo? O condicionamento da espera às vezes nos irrita. Perca de tempo? Talvez! Já diz o velho ditado “que a pressa é a inimiga da perfeição”. E a espera seria a inimiga do tempo?

Ana tinha o dia cheio, seus deveres iriam tomar o dia inteiro.
Neste dia sua irmã foi mais esperta, acordou primeiro e logo entrou no banheiro.
Ana teve que esperar...
Para adiantar, a água do café já estava a borbulhar
Ligou para o padeiro que era esperto e traiçoeiro e o pão iria atrasar
Ana teve que esperar...
Sentou na cadeira, olhou para a lareira e o dia já estava a clarear
Saiu de casa depressa, esqueceu todo o dinheiro
Sua irmã ligou para o porteiro, que gritou a Ana de lá
Ana teve que esperar...
Perdeu o ônibus na certa
Olhava para o relógio e a rua deserta
Ana teve que esperar...
Chegou a Avenida Anhanguera, mas de muito azar aquele dia era
O pneu do ônibus veio a furar
Ai, Ai, Ai, o próximo ônibus
Ana teve que esperar...
Já viu que Ana não era uma menina de sorte
Era bonita, não vinha de uma família rica
E tinha que enfrentar a realidade da falta de transporte
Aprendeu com a espera
E que assim sua triste realidade era
Ana teve que esperar...
Ana teve que esperar...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Time de peso divulga Morena Rosa

Kim Kardashian na capa da ‘Harper’s Bazaar’

SP Fashion Week N44: Osklen

Gig Couture lança parceria com a C&A