Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Um causo em vorta da fogueira!

Imagem
Oi gente, eu demoro vim aqui, mas hoje me deu uma sordade dôceis. E eu tô toda animadinha, porque aqui na minha terra tem umas festas de quadria com um povo muito bão e com esse friozinho ai que o trem fica mió ainda. Mais eu vô conta um causo pro ceis.
Por Rosiane Braga Fotos: Retiradas do Google.com
Tinha um homê chamado Tobi que há muitos anos cuidava da terra do João. Só que o tal do João era muito ruim e colocava umas ideia isquisita na cabeça. Ele encuco que o Tobi ia tomar a terra dele e colocou o pobre coitado pra fora da terra. Só que o Tobi muito desconsolado pediu até pelo amor de Deus pra deixa sua muié e seu filho viver lá, porque não tinham pra onde ir. O Tobi rodeava a terra dia e noite. Um dia o Tobi cismo que não podia morrer sem casar o único filho dele, o Tobias. Um conhecido de Tobi, um tal de Zé das cobras, que era chamado por esse nome porque matava as cobras na mão mesmo, foi morar na terra do João e cuidar dela no lugar do Tobi. Ele convenceu o João a deixar o…

SOS Meio Ambiente

Imagem
Por Rosiane Braga
Fotos: Retiradas do Google.com

Hoje é dia Mundial do Meio Ambiente, mas eu te pergunto o que temos a comemorar? Eu poderia escrever um texto complexo e ao mesmo tempo real, mostrando os riscos que o planeta corre e que talvez você esteja cansado de saber. Mas hoje ninguém fala em problemas, o assunto em foco são as medidas adotadas para conter o aquecimento global; recordam do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), que foi estabelecido pelo Protocolo de Kyoto; fazem campanhas para as empresas do mercado voluntário; desenterram o denominado acordo Pós-Kyoto, dentre outros. Se alguém desconhece algo que eu citei aqui no blog não se preocupe, hoje o que não vai faltar são páginas esclarecendo todos esses fatores.
Em muitos países, dos 365 dias do ano, apenas o dia 5 de junho é destinado a palestras, campanhas educativas e documentários com o propósito de despertar as pessoas para a questão Mundial. E já vou logo adiantando que como hoje é domingo, alguns fingem que…

Fundo do poço

Imagem
Por Rosiane Braga Fotos: Retiradas do Google.com
Risos, aplausos, piadas, bocejos, canto, lágrima, choro e dor... Todo dia uma nova história, um fato novo para contar. Não foi proposital que ao gritar palavras, a última que veio à tona foi à dor. Que vem... que vem acoplada a dor do parto, fraco, sozinho, doente e inocente.  Mais um dia passa e poucos são os bons motivos que esse povo tem para falar. Vivemos para conhecer a desgr... alheia. A toda hora, a todo instante o povo sofre. E isso é mesmo o que vende, mas será que é só o que eu quero saber? Ideologia barata! O mesmo que comprar criança com doce.
A ideia é abrir caminhos. Poder acreditar que o seu leque, tem olho: o melhor amigo do homem ainda é o cão; só se morre na velhice; a minha bicicleta sempre foi melhor que a sua; eu nunca aprendi a andar de patins, mas sempre fui boa nas cartas; usar aparelho é chique e óculos é ser intelectual; sonhos são gratuitos e melhor que comprar presente de Natal; amigo secreto só se brinca u…

Dia da Imprensa

Imagem
Por Rosiane Braga Fotos: Retiradas do Google.com
Ainda acreditar em um quarto poder? Somos frutos de uma sociedade contemporânea e midiatizada e ainda me assusto quando ouço expressões como “o mundo vai se perdendo a cada dia, porque isso não existia antigamente”. As coisas nunca mudaram sempre aconteceram como antes, a simples e sutil diferença é que hoje somos “treinados” e capacitados para questionar a sociedade. Quem nos proporcionou essa “tal liberdade”? Nossa querida imprensa!
Antes o povo temia a repressões que hoje não cabem mais na sociedade. Pode-se notar que os casos que ainda aparecem são rapidamente questionados e criticados. Temos a liberdade de expressão, que com ética e em prol da comunidade, podemos disseminar textos sobre os acontecimentos da atualidade. Como articuladores, devemos defender a cultura, os valores nacionais e a diversidade. Antigamente não se falava sobre assuntos, não se assumiam, não questionavam e nem davam opinião.
Uma geração que ganhou timbre e v…