A Fé que rompe fronteiras

Por Rosiane Braga

Fotos: Rosiane Braga e Google.com

Pés calçados e descalços, chapéus diversificados, roupas protetoras de sol e frio, terços, vozes rezando em coro e muita fé é o que podia ser visto em cada romeiro que caminhava rumo a Festa do Divino Pai Eterno. Para aqueles que nunca ouviram falar, na cidade de Trindade, mais conhecida como a Capital da Fé, localizada a 18 km de Goiânia, é realizada uma vez por ano, a Festa em louvor ao Divino Pai Eterno. Este ano cerca de meio milhão de devotos percorreu a pé o caminho de Goiânia a Trindade. Crianças, jovens e adultos diversificaram o público que passou por ali. 

Pessoas com aparência cansada, mas que se sentiam realizadas por cumprirem o desejo de agradecimento pela graça recebida. Cada pessoa com um motivo diferente para estar na festa, mas todos com  o objetivo de agradecer ao Divino Pai Eterno a intercessão junto ao pai. Ao todo em 11 dias de festa, desde o dia da celebração do Corpo de Cristo, aproximadamente 2 milhões de fiéis passaram pela Capital da Fé. A maior festa religiosa do Centro-Oeste é esperada por milhares de pessoas a cada ano. A devoção ao Divino Pai Eterno nascida na pequena cidade de Barro Preto é hoje a devoção que mais cresce no Brasil e já faz parte da experiência religiosa do povo brasileiro.

História
A devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade já tem 171 anos. A história narra que, por volta de 1840, um casal chamado Constantino e Ana Rosa Xavier encontrou, enquanto trabalhavam na lavoura, um medalhão de barro de aproximadamente 8 cm, com a estampa da Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora. Beijaram a imagem, levaram-na para casa e a notícia rapidamente se espalhou juntamente com a sucessão de milagres. Começou-se então a comemoração festiva com a novena que culmina sempre no dia da Grande Festa, no primeiro domingo do mês de julho.

Quando se fala em religião o mais comum é que sobre este assunto não se discute. Como definição engloba qualquer forma de aspecto místico e religioso, abrangendo seitas, mitologias e quaisquer outras doutrinas ou formas de pensamento que tenham como característica fundamental algo além do mundo físico. No cotidiano é comum ouvir “alfinetadas” na maioria das vezes entre católicos e protestantes, cada um defendendo suas tradições e ensinamentos.

O argumento mais utilizado pelos católicos para reverenciar o catolicismo é que a Igreja Católica é uma entidade que tem dois milênios de história, sendo a instituição mais antiga do mundo. Os protestantes como forma de rebaterem o argumento retomam a história e enfatizam que foi por meio de críticas e contestações morais que Martinho Lutero decidiu tornar públicas suas idéias, mantendo suas convicções e espalhou o movimento da Reforma.

O assunto pode ser mesmo considerado indiscutível, pois os fatores que o envolve são diversos e contraditórios. “Ando a pé porque tenho fé”, diz o romeiro. “Não precisa de sacrifício, ele já foi feio por Deus quando morreu por nós”, declara o evangélico.
Talvez o melhor mesmo seja definir o conceito de religião acoplado apenas ao seu significado. A religião deriva do termo latino "Re-Ligare", que significa "religação" com o divino. Não se deve julgar e nem condenar as diferentes doutrinas, o mais importante é que todos independente da sua maneira estejam ligados ao nosso único Deus.

Uma Semana Abençoada a todos!

Comentários

  1. Parabens pelo blog, acompanho ja faz algumas semanas.
    Estou seguindo, se puder, entra no meu blog e siga eu tb. Grato.
    Caso haja interesse em trocar banners, é só copiar o código do meu banner, e me avisar que imediatamente coloco o seu banner no meu blog.
    beijos.
    http://loucopolemico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. boa tarde,
    Vim agradecer a sua visita ao meu cantinho. Seja muito Bem vinda ao mundo magico do coração!
    Tenha uma linda semana.
    abraço fraterno!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  3. Que importante mensagem vc passou aqui. Sinto na pele a intolerancia com respeito a religião e acho um absurdo. não admito a imposição de "verdades" que para mim não são. Respeito, essa é a palavra. adorei! beijo, Vivi Rosada
    (obs: não consegui postar com o meu perfil, tive q postar anonimo.)

    ResponderExcluir
  4. é uma leitura gostosa, não impõe, apenas passa o que acreditas, e ler é diferente de acreditar, concordar que é uma leitura interessante, é pq fazes dela a verdade, e a verdade é intransferível, pode ser questionada como tudo, mas, sem muito sucesso.pq a fé é inquestionável quando levada pra o caminho de amor...
    beijo querida, seu blog é encantador.

    ResponderExcluir
  5. Ola querida amiga
    Estou na final da ostra poesia, me desculpe por mais uma vez vir lhe pedir votinho para a minha poesia, Precisamos. Mas sem a sua ajuda eu não irei conseguir. Prometo que passando esta fase eu virei comentar apenas sobre o conteúdo de seu cantinho.
    Como votar você entra no link …http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
    No final paginas das poesias esta escrito
    VOTE CLICANDO NA PALAVRA COMENTÁRIOS Lindalva 1 comentários
    Por favor coloque coloque o nome da autora e da poesia, ( Precisamos ... Maria Alice Cerqueira e o nome do seu blog. para que Lindalva possa confirmar seu voto.
    Desde já lhe agradeço de coração.
    Tudo do melhor para você.
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  6. Obrigada a todos pela visita!
    Abraço amigo..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Time de peso divulga Morena Rosa

Kim Kardashian na capa da ‘Harper’s Bazaar’

SP Fashion Week N44: Osklen

Gig Couture lança parceria com a C&A