Instituição X Estudante


Por Rosiane Braga
Fotos: Retiradas do Google.com

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na semana passada o resultado do Índice Geral de Cursos (IGC) das instituições de ensino superior avaliadas em 2010. Para obtenção deste resultado o órgão leva em conta o desempenho dos alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) e outros indicadores como qualidade do corpo docente e infraestrutura. Em geral apenas 8% das instituições avaliadas apresentaram resultados satisfatórios, o que demonstra deficiência no ensino superior do país. O processo avaliativo contou com 2.176 instituições entre faculdades, universidades e centros universitários. 

Após a divulgação do desempenho dos estudantes o MEC realiza um processo de supervisão nas universidades inclusas no quadro insatisfatório e as mesmas podem perder a autonomia para criar novos cursos, ter o congelamento de vagas ou até o descredenciamento. Isto mostra a importância deste resultado para as instituições de ensino e o que ele pode acarretar aos estudantes. Outro fator apontado no processo avaliativo foi o Conceito Preliminar de Curso (CPC). Assim como na avaliação geral a listagem dos cursos apresenta um indicador de 1 a 5. Conceitos 1 e 2 são considerados ruins, 3 é considerado satisfatório e 4 e 5, bons.

Sem generalizar a questão das faculdades indicadas como de baixa qualidade é necessário analisar o trabalho das instituições para a realização do ENADE e dos alunos na realização da prova. Algumas faculdades entregam a prova para os universitários sem aviso prévio, no horário comum de aula e com o argumento de que para os alunos selecionados o exame é obrigatório e indispensável para a emissão do histórico escolar. Além de que muitos deles realizam a prova sem saber a finalidade e sua importância. É importante mencionar que o desempenho dos alunos no exame muitas vezes não é verdadeiro, porque muitos deles sem saber os fins da avaliação chutam e marcam um X em qualquer uma das alternativas, por se tratar de questões objetivas. Ao analisar estes fatores apontados podemos dizer que em alguns casos existem gargalos que comprometem o resultado e penaliza instituição e aluno. 

Depois que o resultado do IGC foi divulgado, Luis Fernando Massonetto, secretário de Regulação e Supervisão do Ensino Superior divulgou que o MEC vai cortar 50 mil vagas de cursos que tiveram resultados insatisfatórios, nas áreas de saúde, administração e ciências contábeis. Lembrando que as medidas são válidas até o próximo IGC, em 2012 e se neste período as instituições conseguirem melhorar o desempenho e apresentar um resultado satisfatório, a punição é suspensa. Caso isso não aconteça a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC pode abrir processo para descredenciar a instituição. 

Houve casos de centros universitários que tinham perdido a autonomia pelo mau desempenho no IGC de 2009 melhoraram a nota e tiveram as medidas cautelares revogadas. Com a divulgação de um resultado insatisfatório para a maioria, devemos entender o que o indicador IGC provoca na sociedade institucional. Há de pensar que a grande repercussão pela imprensa é um formador de opinião pública e uma poderosa e polêmica ferramenta de marketing. Como teme Barreyro (2008), no entanto, que a divulgação de novos indicadores se aproxime mais de visibilidade publicitária do que, propriamente, da avaliação da qualidade. Será que os instrumentos atuais para a avaliação do conceito de qualidade do ensino superior não deve ser revista?
_______________________
BARREYRO, Gladys B. De exames, rankings e mídia. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 3, p. 863-868, nov. 2008.

Comentários

  1. Muita boa a matéria. É necessário que as pessoas saibam que ao mesmo tempo em que proliferou-se o número de instituições para o ensino superior, nem sempre veio acompanhado de qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Há também instituições que "oferecem" (quase em regime de obrigatoriedade) um curso preparatório específico para o ENADE para os alunos selecionados, o que para mim esconde a real situação da mesma.
    Bela reflexão.

    ResponderExcluir
  3. Você está estre os melhores de 2011, primeira premiação feita pelo blog Sei que Deus existe, passe por lá para conferir e pegar seu prêmio virtual parabéns pelo seu trabalho.
    http:www.seiquedeusexiste.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Time de peso divulga Morena Rosa

Kim Kardashian na capa da ‘Harper’s Bazaar’

SP Fashion Week N44: Osklen

Gig Couture lança parceria com a C&A