Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Vingança

Imagem
Por Rosiane Braga Fotos: Retiradas do Google.com
Analisando o desfecho de histórias e estórias, pude perceber que por meio de dominação, punição, e desafronto é que o ser humano consegue preencher uma realização suprema. E neste caso, não coube a mim o trabalho de pesquisar exceções, pois é nítido que dependendo da situação elas sequer existem. O mais preocupante é que as pessoas não estão satisfeitas com o fato de conseguir algo pela sua capacidade, mas necessitam vingar daquele que passou a ocupar nível inferior, para completar o mérito.
O fato de estarmos cercados por uma população que cresce cada vez mais de forma desenfreada, caracterizada por uma miscigenação cultural e hierarquizada, contribui para com que o mercado seja cada vez mais competitivo, talvez esta desestruturação seja o principal fator para que a cobiça ocorra.

E a atribuição do comportamento dos homens, com a satisfação, pelo ato de “vingança” não é exagero. As pessoas são capazes de superar expectativas, mas ao mesmo…

Quanto vale um sonho?

Imagem
Por Rosiane Braga Fotos: Retiradas do Google.com
Alguém sabe responder? Esta é mais uma das perguntas que instigam o nosso consciente em busca de uma resposta. Muitos têm facilidade de responder, outros já demonstram o tom de subjetividade que ela almeja, mas que nem sempre tem. Eu poderia neste instante encher até o final desta página com perguntas e que você me responderia como em um teste de pingue-pongue, mas lembrando que alguma você teria a resposta na ponta da língua e outras já levaria mais tempo. Que tal chegarmos a uma conclusão de que até hoje nenhum sonho caiu do céu.
Você que me retrucou, e é conhecedor de sonhos que não “caíram do céu”, mas foram realizados com facilidade e mencionou exemplos daqueles que ganharam na loteria, nasceram em berço de ouro ou ainda os que receberam uma herança, eu devolvo a bola pra você com argumentos: É raro o caso de quem ganha em apenas uma tentativa, atualmente enriquecer não é fácil e nunca recebemos benefícios sozinhos sem dividir co…