Corrupção

Por Rosiane Braga
Charges Retiradas do Google.com

Há tempos que ter o poder de escolher nossos representantes políticos deixou de ser uma conquista. Qual o critério utilizado para votar em um político? As pessoas nos surpreendem a todo instante, até as mais próximas ou que apresentam grau de parentesco nos demonstram situações de desconfiança, assistir os escândalos políticos não nos causa espanto. O problema que é claro e de difícil solução é eleger uma pessoa que vai defender os direitos da coletividade. Seria o efeito da hipnose das cifras? Quem é a melhor pessoa para cuidar de interesses que envolvem toda população? 

O crescimento acelerado das cidades, a mão-de-obra barata, a concorrência acirrada são fatores que fazem com que os índices de desigualdade social só aumentam. Feliz é aquele que tem o poder! Para aqueles que desejam de forma fácil e rápida conquistar a tão almejada qualidade de vida, ingressar no meio político é o melhor caminho. As regalias sim os surpreendem e acarreta a estabilização no meio. O desvio de dinheiro público se torna rotineiro e a cada dia maior o número de envolventes nos grupos de corrupção. A situação já é um ciclo vicioso...

O cenário político brasileiro está em crise. É perceptível que no meio político prevalece à supremacia da sobrevivência individual. De acordo com a análise de THOMPSON em sua obra – Ideologia e cultura moderna – o escândalo político é produto de uma sociedade moderna. Os envolvidos culpam a mídia por enfatizar a denúncia em questão e levar a conhecimento do público todos os fatores que a envolve. A realidade clara e pouco reconhecida por muitos é que todos os representantes do povo, que desta vez estão fora do grupo denunciado, lutam para denegrir a imagem do político. Escândalo político no Brasil só serve para isso... o prejuízo quem leva são os indivíduos envolvidos com  a reputação deles.

Alguém ou algum meio de comunicação mostrou o que estes casos de corrupção custaram para a sociedade? Quem vai ressarcir o dinheiro? Corrupção é obstáculo para o desenvolvimento e só aumenta a diferença entre ricos e pobres. Os casos denunciados em si, são revelados, publicados e dramatizados. Não seria mesmo um produto da sociedade moderna? Estamos ansiosos aguardando a defesa ou a estratégia da confissão pública com o intuito de angariar simpatizantes pela coragem do ato. Amanhã surge outro escândalo e como o “povo tem memória curta” na próxima eleição o “pivô” das denúncias é eleito novamente... O que comprova tudo isso é que José Sarney continua presidente do Senado...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Farm lança coleção com pegada oriental

Casa de Criadores: Alex Kazuo (outono-inverno 2017)

Gig Couture lança parceria com a C&A

As novas calças customizadas da Levi´s