Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Código Florestal: segundo capítulo

Por Rosiane Braga
Fotos: Retiradas do Google.com

Em meio ao julgamento do mensalão, servidores federais em greve, depoimentos da CPMI do Cachoeira e outros assuntos em relevância na sociedade brasileira são muitos os questionamentos sobre o andamento da votação da medida provisória do Código Florestal. Como meio ambiente é um assunto muito discutido por aqui, não podemos deixar de defender o verde, acompanhar as discussões e as articulações políticas. Mas! Mas como já defini a novela ainda não terminou e já adianto que pode ser mais extensa do que prevíamos. No início deste mês, o líder do governo no Senado, Eduardo Braga, mencionou que a votação só deveria ocorrer em outubro. Na opinião dele, a baixa atividade dos parlamentares durante o período pré-eleitoral deverá ser um empecilho para a votação da matéria antes do pleito municipal.
Recapitulando.... O Projeto de Lei do Código Florestal foi aprovado no Congresso e a medida provisória foi editada pela presidente Dilma Rousseff. O g…

De olhos abertos e orelha em pé!

Por Rosiane Braga
Fotos: Retiradas do Google.com

Há dias não falo de complexidade. Às vezes é importante mencionar aspectos do mundo interno das pessoas, me refiro a aspectos que esses indivíduos se relacionam com o mundo social.  Uma dor que ninguém vê. Vivemos uma vida sobreposta por pessoas notáveis e como membro participante e atuante de uma propagação excessiva do que chama a atenção, hoje me exaltei com o mundo! Com aquela sociedade imposta para mostrar a dor e apelar pelo emotivo.
A tragédia como forma de lucro. É realmente complicado falar de circunstâncias subjetivas com um povo que corre contra o relógio e que não liga pelos problemas alheios. A verdade é que só sentimos as dificuldades dos outros quando deparamos com elas ou situações semelhantes em nossas vidas. O ser humano precisa saber do que acontece, é necessário saber dos atos que o ser humano é capaz de fazer. Mas como sempre digo, o homem é um ser racional sempre imprevisível.  A informação é necessária, o que não…