Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

A Amazônia é nossa!

Se a Amazônia é nossa porque não cuidamos dela? Para boa parte dos brasileiros, a floresta não passa de uma abstração. Nesta semana o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou que os alertas de desmatamento na Amazônia Legal subiram 26%, entre 1º de agosto de 2012 e 28 fevereiro de 2013, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram registrados pelo Deter, sistema de detecção de desmatamento em tempo real do Inpe, que usa imagens de satélite para analisar a perda da Floresta Amazônica em nove estados. O Deter foi desenvolvido como um sistema de alerta para suporte à fiscalização e controle de desmatamento. 
Por meio deste sistema é possível analisar a degradação, referente ao desmatamento parcial da floresta, e o corte raso, quando há desmatamento total da área e o solo fica exposto. No caso de corte raso os órgãos de fiscalização podem fazer a responsabilização para ações ilegais e no caso das áreas de degradação progressiva, além da responsabilização…

É da nossa conta...

Henrique, Caio, Joaquim, Murilo, Marina e Gabriela curtem normalmente o domingo e já estão apreensivos porque até mesmo criança não gosta de levantar cedo para irem a escola em plena segunda-feira, depois de um dia de muita brincadeira. Quanto ao local de aprendizado todos adoram. Brincam, cantam, estudam e interagem entre si. Já Mariana acorda todos os dias bem cedo para vender doces no sinal. Ela é filha única, mora em um local de extrema pobreza, mas como sua família recebe benefício do programa social o pai de Mariana exige que a menina trabalhe fora porque ele é viciado em jogar dama e não gosta de trabalhar. Mariana aparece na escola de vez em quando para enganar a assistente social. 
Mariana não teve a mesma sorte que o grupo de crianças que brincam lá em cima, mas o que todo mundo sabe é que o direito a educação para ela é o mesmo dos outros. Por se tratar de uma história fictícia podemos mudar a estória e dar a menina uma vida melhor. Só que na vida real precisamos colocar e…

É tão normal ser feliz!

Em 21 de março de 2013 celebra-se pela oitava vez o Dia Internacional da Síndrome de Down. A data foi criada em 2006 com o objetivo de valorizar as pessoas com a síndrome. É importante conscientizarmos a sociedade sobre a promoção dos direitos deles e, assim, permitir que tenham vida plena e digna, como membros participativos em suas comunidades. É comum neste dia vermos histórias de pessoas com a alteração genética, que venceram o preconceito, as dificuldades e são exemplos de inclusão, além de ser um dia marcado por eventos de conscientização promovidos por comunidades e associações de pais de crianças portadoras. No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, a cada 600 a 800 nascimentos, uma criança tem síndrome de Down, independentemente de etnia, gênero ou classe social.
A síndrome de Down, ou trissomia do 21, é uma condição geneticamente determinada. Trata-se da alteração de cromossoma mais comum em humanos. Bebês com Down se desenvolvem mais lentamente, tanto no físico quant…

"Luz que brilhou sobre o mundo"

O homem dos pobres? Jorge Mario Bergoglio é o nome em ascensão em todo o mundo. A eleição do novo papa fez história, surpreendeu à imprensa italiana e a todos que apontavam outros nomes para a sucessão do papa emérito Bento XVI. As primeiras palavras proferidas pelo então arcebispo de Buenos Aires indicam que ele pretende ser próximo do povo e buscar a unidade da Igreja Católica Apostólica Romana por meio do diálogo e do amor. Em todas as suas aparições o papa Francisco demonstrou ser espontâneo e bem-humorado. Ao saudar os fiéis, na Praça São Pedro, lembrou que era argentino. “Venho do fim do mundo”, brincou ele, indicando que a Argentina fica no extremo da América do Sul. Todos os dias somos lembrados dos desafios que o novo pontífice terá que enfrentar para mudar a imagem da igreja. Sobre as denúncias vários representantes da igreja católica afirmaram que é necessário punir os responsáveis.

O arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer declarou que os responsáveis pelos desvios de c…

Mulher, Viver sem Violência

Segundo dados da Secretaria de Políticas para as Mulheres, o número de agressões contra mulheres relatadas ao governo federal por meio do serviço Ligue 180 cresceu 600%. Por meio dos números pode-se comprovar que o avanço das medidas contra violência da mulher continua. Inclusive ressalto que no blog já foram mencionados fatores relevantes que contribuíram para evolução do processo e reafirmo que a cobrança de uma punição mais rigorosa ao agressor contra a mulher sempre foi uma das causas defendidas neste espaço. O Ligue 180 é um serviço gratuito focado na orientação das mulheres vítimas de abusos e seu encaminhamento para órgãos da polícia, da Justiça e demais serviços de enfrentamento da violência contra a mulher, como centros especializados e casas abrigo.

Leia também: Amparo as MARIAs
Questionamento feito em uma postagem anterior e que ainda persiste é o risco que as mulheres correm após a queixa. Cheguei a argumentar que as ocorrências registradas por mulheres que foram agredida…

O papa é pop!

“Caríssimos irmãos, ...verdadeiramente de coração vos agradeço por todo o amor e a fadiga com que carregastes comigo o peso do meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. Agora confiemos a Santa Igreja à solicitude do seu Pastor Supremo, Nosso Senhor Jesus Cristo, e peçamos a Maria, sua Mãe Santíssima, que assista, com a sua bondade materna, os padres cardeais na eleição do novo sumo pontífice. Pelo que me diz respeito, nomeadamente no futuro, quero servir de todo o coração, com uma vida consagrada à oração, a Santa Igreja de Deus. BENEDICTUS PP XVI”
Foi em uma manhã de segunda-feira que os olhos do mundo se voltaram para o Vaticano, fevereiro o mês. Ninguém imaginava que 2013 seria o ano da primeira renúncia de um papa na era moderna. Depois de quase oito anos de pontificado, a renúncia veio como um tratamento moral para o catolicismo. Se a idade pesou foi porque o fardo estava excessivamente pesado, mesmo para um papa. O que fazer depois que o comandante considera não te…

Liderando esforços?!

O brasileiro Bráulio Dias, que há um ano está à frente do secretariado executivo da Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (CDB) informou esta semana que reuniu elementos suficientes para assegurar que o Brasil é o país que mais avançou no esforço pela conservação ambiental. É bom lembrar que no início do ano uma pesquisa realizada pelo Grantham Institute, da London School of Economics (LSE), e pela ONG Globe International – destacou a aprovação do novo Código Florestal Brasileiro, como uma das medidas criadas pelo país para combater as mudanças climáticas. Apesar das divergências sobre a nova legislação ambiental brasileira “estamos” sendo notados lá fora. 
Como são poucos os avanços estabelecidos pelos tratados internacionais sobre a redução de efeito estufa e ainda persiste a dificuldade de se chegar a um acordo global, os países estão criando suas próprias leis para combater as mudanças do clima. A pesquisa revelou que dos 33 países analisados, 18 deles apresenta…