Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

O clamor dos catadores

Desde o fechamento do Aterro Sanitário de Gramacho estamos questionando o destino da categoria de catadores de papéis recicláveis em nosso país, principalmente após a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Foi na 1ª Conferência Livre de Meio Ambiente de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis do Estado do Rio de Janeiro, realizada nesta semana, que estes trabalhadores puderam se manifestar. Desde que o governo disponibilizou verba para empreendimentos de material reciclável os profissionais procuravam uma maneira de serem ouvidos. 
Leia também:  Problema social em papel reciclávelPelo bem dos catadores
Uma das reivindicações dos catadores é que os resíduos sejam destinados às cooperativas em vez de serem enviados às empresas de reciclagem. A Conferência também foi oportuna para debaterem a implantação de coleta de lixo seletiva nos municípios e a possível negociação das prefeituras diretamente com as cooperativas de catadores. Com a proibição dos lixões a nossa m…

Deficiências no serviço público

Os diversos meios de comunicação contribuem para que todos os dias vivenciamos junto à população com os problemas de atendimento no serviço público. Em maioria, a burocracia é o que provoca a deficiência? Reféns de um sistema tomado pelo comodismo, a sociedade procura solução expondo as dificuldades em veículos de comunicação ou recorrendo a órgãos de defesa do cidadão.
Muitos servidores já ingressam na carreira, atraídos pelos benefícios do serviço público e com a ideia de que com a efetivação do cargo a prestação pode ser realizada de acordo com a vontade dele. A priorização do atendimento também é fator relevante para a precariedade. Há ainda a desmotivação do servidor devido à falta de estrutura para realização do trabalho.
O resultado desses fatores são pessoas sendo mal tratadas dependentes do senso de humor do servidor. Uma sociedade conhecida por enfrentar grandes filas em busca do atendimento e que muitas vezes retorna a casa sem resolução do problema, provocado por falta de…

As entrelinhas da psiquiatria

O Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, o DSM, o mais respeitado documento científico da psiquiatria mundial foi lançado em maio deste ano em sua quinta versão. Para edição da cartilha, 160 especialistas se reuniram discutindo os progressos na detecção das doenças mentais nos últimos anos. Entre os participantes, o psiquiatra gaúcho Luis Augusto Rohde, de 48 anos. O diretor do Programa de Déficit de Atenção e Hiperatividade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi convidado pela Associação Americana de Pisquiatria e explicou a revista Veja que os profissionais estão em busca da precisão do diagnóstico. 
O médico fez declarações importantes de avanços aos conhecimentos psiquiátricos. Mesmo assim considera que os métodos de prevenção das doenças da mente ainda são um desafio. Rodhe exemplifica que crianças diagnosticadas e tratadas logo na aparição de alguns sintomas pode ser fator primordial na contenção da evolução de possíveis transtornos. O novo manual de…