Qual a melhor imagem da Lua?

A Nasa abriu para o público a possibilidade de votar na melhor imagem da Lua para celebrar o quinto aniversário da sonda Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), uma espaçonave que atualmente está na órbita do satélite natural. A vencedora será utilizada na capa de uma coleção de fotografias da Lua, denominada The Moon as Art (A Lua como Arte, em tradução livre). A votação vai até 6 de junho, e o resultado será divulgado no dia 18 do mesmo mês. 

No Brasil, o próximo eclipse total lunar visível acontecerá em 27 de setembro de 2015. A previsão é de que em 27 de setembro de 2015, às 22h07 (horário de Brasília), a Lua vai começar a adentrar a parte mais escura da sombra da Terra, chamada de umbra, de modo que será possível vê-la "sumir" no céu. A partir das 23h11 ela estará totalmente encoberta, adquirindo o tom avermelhado característico dos eclipses totais.

Para votar na melhor imagem, basta acessar o link. Conheça abaixo as cinco candidatas.

Noite estrelada
O título é uma referência a um dos quadros mais famosos de Van Gogh, "Starry Night". A imagem foi obtida com uso do Altímetro Laser de Órbita Lunar (Lola), a bordo da LRO. Esse dispositivo emite lasers, que retornam à nave após tocar a superfície do satélite, permitindo que os cientistas calculem a que distância estão da Lua. À medida que orbita, esse aparelho vai medindo a forma da superfície lunar, com suas elevações e depressões. A imagem mostra o relevo próximo do polo Sul da Lua. As áreas em vermelho são as mais altas, e o azul escuro corresponde às regiões mais baixas.


Cratera Clerke
A parede interior dessa cratera de sete quilômetros de diâmetro apresenta marcas de um fluxo de material granulado que vai se afinando quando se aproxima do centro. Os detritos aparecem em cor mais clara na imagem, provavelmente em virtude das diferenças de espessura dos grãos que formam os diferentes materiais.


Polo Norte
A imagem mostra as temperaturas durante a noite no polo Norte lunar, medidas por um instrumento denominado Diviner. As regiões em azul representam temperaturas mais frias, enquanto laranja e vermelho, as mais quentes.


Topografia de Linné
Com 2,2 quilômetros de diâmetro, Linné é uma cratera de impacto jovem e bem preservada na superfície lunar.  Em imagens como esta, feita pela sonda "Lunar Reconnaissance Orbiter", os cientistas conseguem observar o local levando as conta as três dimensões, incluindo a profundidade – essencial para a análise de como teria ocorrido o impacto que a causou.

Cratera Tycho
Sombra do nascer do Sol da cratera Tycho, também causada por impacto. Ela tem 82 quilômetros de diâmetro e na sua região central há um pico cerca de 2 quilômetros acima do nível do chão da cratera. Cientistas ainda não sabem o que levou à formação dos picos presentes no local.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carmen Steffens apresenta linha de chinelos

Time de peso divulga Morena Rosa

Kim Kardashian na capa da ‘Harper’s Bazaar’

SP Fashion Week N44: Osklen

Gig Couture lança parceria com a C&A